quinta-feira, 6 de março de 2008

de cara!




Cidade Cinza – Rodrigo “raTo” Seixas
texto publicado no jornal Chega São Paulo - http://www.chegasaopaulo.com/



Paulistas, paulistanos... Gringos e suburbanos. Nordestinos, capixabas e gaúchos. Todos nós fazemos parte desta cidade que nos abriga e também a todo o mundo. Assim vamos vivendo, cada um de um jeito, mas todos com a mesma característica: o amor de ser paulistano.

Não importa o sol que esteja fazendo, pois não temos uma praia para curtir e nem para uma “pelada” jogar. A única coisa que o paulistano sabe fazer é trabalhar. Aquele céu cinzento, cheio de fumaça dos veículos que passam desenfreados pelo labirinto sem fim que são nossas ruas e avenidas, com os altos prédios escondendo o sol, perdendo o brilho da manhã, individualmente com cada um pensando no final do seu expediente para comemorar o final de mais um dia, a glória de uma vitória, enchendo bares e botecos para mais uma cerveja brindar.

Já está marcado na nossa bandeira: BRANCO + PRETO = CINZA. Já o VERMELHO, é uma mistura que eu preferia que não existisse, que fosse uniforme. É a mistura da garra do povo que acorda cedo, se fode o dia todo, paga R$ 2,30 para andar em um ônibus lotado onde não se tem condições nenhuma pelo preço que se paga, ganha o suficiente para pagar as contas e não para viver decentemente, junto com mancha de sangue da violência que assola a nossa cidade. Chacinas acontecem aos montes, assaltos banais seguidos de morte já não são mais anunciados na TV com tanto entusiasmo, pois já virou rotina.

Não se passa um dia sequer em que não assistimos ou lemos uma notícia sobre corrupção política. Mesmo assim nós nos esquecemos no dia seguinte, pois o máximo que fazemos é comentar o assunto em uma roda de bar ou de futebol. Por mais que nos gera aquele sentimento de revolta, gera também dentro de nós aquela insegurança de isto nunca acabar, a vergonha de ver alguém passando frio na rua por não ter onde dormir, enquanto uma minoria se “diverte” às nossas custas.

Por isto que a nossa cidade é CINZA, pois não tem o brilho que deveria ter. “Como vovó já me dizia”, coloque o poder na mão do povo, não eleja sempre os mesmos. Se canse de “Partido Progressista” ou de “Partido dos Trabalhadores”, não queira votar novamente em “PSDB” e todas as outras vertentes. Por que não votar em ninguém? Ou até mesmo nem comparecer para votar? Talvez um radicalismo generalizado demonstraria toda a nossa insatisfação, pois passeatas e qualquer outra forma de manifestação não têm mais efeito.

Sou contra qualquer forma de radicalismo, mas sou radicalmente à favor de uma cidade melhor para nós mesmos, eleita por nós.

6 comentários:

Daniel disse...

Então, a partir de agora você coloca seu blog embaixo dos seus textos no chega são paulo e vc vai ver como vai aumentar o número de visitas.

Abs

Mayara Hopp disse...

ééé por isso que eu me acostumei a morar aki... gosto de vida, cores!
A única coisa que me prende ai são vcs!!
Amo!
beijoooos

e hoje é o grande dia!

. Cáh . disse...

Outro dia mesmo na multishow estava passando uma reportagem sobre isso..!!!
ainda bem que logo menos eu vou me mudar da cidade cinza...!!!
Como a Má tb já disse adoro cores...!!!!
=D
Meu beijOO Frodoooooo!!!

Daniel disse...

Concordo com as duas, mas uma vez Paulista sempre Paulista.
Se Deus quiser ainda esse ano estarei mais presente na praia porque tudo tem que dar certo, e isso que vai aliviar esse transtorno que é a nossa cidade, porém, não mudo daqui por nada. No fundo mesmo, amo esse caossssss.

Anônimo disse...

O texto é bom, mas não tenho nem o q falar velho... moro de frente pro mar... hahaha!

Abraços seu mala!!!

André Smith

. Cáh . disse...

Atualizar é luxo né FrOdo!