terça-feira, 6 de maio de 2008

Déjà vu

E a noite estava linda. Mas era diferente, parecia que ela tinha cheiro. A lua e as estrelas estavam em uma posição junto aos morros e montanhas, que nos convidavam para uma viagem da mente. Uma viagem que ao mesmo tempo fui ao passado, bem como me imaginei no futuro.
De imediato me imaginei há alguns meses atrás fazendo o mesmo trajeto, realizando parte de um sonho, vivendo uma vida. E a noite continuava linda... Me fez literalmente retornar ao passado, lembrar de detalhes que estavam guardados, talvez em lugares secretos, com receios, medos ou até mesmo uma manifestação involuntária.
O cheiro daquela noite eu senti novamente, me fez acreditar em coisas que jamais pensei acreditar novamente.

Será que em algum momento eu falarei a você: Déjà vu!

2 comentários:

Daniel disse...

Bem pessoal esse sentimento mas dá pra imaginar. Tá vendo como as vezes voltar ao passado não é ruim?! O único problema é que parece que quando voltamos ao passado não conseguimos trazer esse sentimento para o presente. É como se não tivesse uma porta para o presente. Mas tudo bem. Estou contigo sempre e apoiando.
abs

Mayara Hopp disse...

eeee Ratox.. o que se passa?