quinta-feira, 17 de julho de 2008

[des] controle + [des] preparo

Ae... Novo artigo para o jornal Chega São Paulo!
www.chegasaopaulo.com

[des] controle + [des] preparo - Rodrigo “raTo” Seixas

No meio das rajadas e disparos descontrolados, está a população com medo e com vergonha. O eixo está em guerra, se ficar do lado de cá da linha toma tiro nas costas, e se atravessar toma no peito.

Os vidros fechados já não espantam mais o medo que antes com apenas um insulfilm fingíamos esquecer lá fora. Já não sabemos mais de que lado vem o disparo, tão pouco sabemos se quem está a olhar na mira é o “mocinho” ou o bandido.

Sabemos apenas que quem está sob o olhar da mira somos nós. Aquele medo quase constante já não existe mais, pois está incorporado no dia-a-dia de cada cidadão que sai de sua casa para estudar ou trabalhar, até mesmo à procura de emprego, o fato é que todos nós estamos sendo caçados na cara dura.

Se formos vítimas de bandidos, entraremos para engordar a fatia da estatística criminalista, seremos mostrados através de gráficos antecedendo o noticiário do futebol, pois fica mais fácil de o povo esquecer. Afinal de contas, o Brasil é o país do futebol e nosso presidente faz questão de frisar isto.

Já se formos vítimas de “mocinhos”, os verdadeiros senhores da defesa de uma nação, seremos então manchete de primeira página de jornal bem como passaremos em todos os noticiários do dia, seremos famosos postumamente.

Culpa de quem? Somente do despreparo de policiais mal treinados? Culpa dos trabalhos paralelos que são obrigados a exercer para conseguir uma renda familiar digna? Culpa da jornada dupla que acabam cumprindo em busca de dinheiro?

Ou a culpa é do descaso que sempre caminha o nosso país? É justo estamparmos jornais com fotos coloridas de tragédias envolvendo policiais militares, mas também seria justo informar que um policial militar em São Paulo ganha exatos R$ 1.240,00 e no Rio de Janeiro ganha em torno de R$ 800,00.

Eu não arriscaria a minha vida para ganhar isto, você se arriscaria? Não! Esta função vai sobrar pra quem? Justamente para quem não tem uma perspectiva de vida diferente desta, quem realmente precisa e quem realmente não tem mais para onde correr.

O resto disso tudo é conseqüência! Nos cansaremos de assistir manchetes como as que vemos com freqüência enquanto todos os demais também estão assistindo tudo isso de longe, dentro de suas casas confortáveis cheios de seguranças, câmeras e cercas elétricas, ou então ouvindo mais uma notícia trágica dentro de seu carro blindado, à prova de confrontos nacionais.

Está na hora de tirar o poder da mão de quem não sabe como utilizar, está na hora de um salário digno para quem vai te defender, acabando com a corrupção interna e até mesmo com esta violência generalizada, pois sinceramente eu não quero me acostumar com esta situação, nem fodendo!

4 comentários:

Adriana disse...

Ontem mesmo eu estava no carro e tive esse pensamento "Que ilusão achar que essa janela do carro me separa da violência do mundo".

Por isso, quando li seu texto de hoje, fiquei pensativa em termos tido essa mesma idéia. Vai ver que é pq já um sentimento coletivo mesmo.

Que bosta de Brasil!!!

Anônimo disse...

Calma, o Batman tá vindo aí ehehehehehe

The Joker

Daniel disse...

Isso que vc escreveu está num texto que estou fazendo e em partes eu digo a mesma coisa que vc. Não podemos simplesmente culpar os policias sendo que eles não ganham nada pra defender a população.

Não que isso justifique mas é uma realidade.

abs

Marília PSH disse...

meu, verdade e assino embaixo, mas acho q a galera tinha q parar de ler e assistir algumas coisas... pq é isso a midia manipula sim...
temos q escolher e criticar a midia...