quarta-feira, 8 de abril de 2009

.this.is.not.a.test.




Um raTo! saindo do esgoto, que como sempre não é pra muitos... é pra poucos, não é pra todo mundo, é só pra quem é muito louco. Nadei... nadei pra caralho, mas sempre contando com a última braçada. Quando me dei por mim eu já estava na estrada, sitting on the reefing smoking my spliff. Era tudo o que eu acreditava!

Aqueles gritos que ecoam no ar me fazem lembrar, de como era engraçado tudo naquele lugar. Sempre agradeço aos caras, que “má na rua né não” sempre estiveram lá, exatamente onde precisavam estar e também exatamente como estavam. De repente aquela nostalgia pura cheirando no ar, que com certeza meus caros... vocês têm de acreditar.

E o 3/3 que faz a boca secar! E acreditar também, faz prosperar para nunca chegar a fechar os olhos, e não poder sonhar como aquele molequinho de skate pro alto, sempre viajando, mas que é sempre o primeiro do pódio. Eu também acho! Pode ser difícil de encontrar, mas é como as avós que dizem pros netos, que em algum dia... até as pedras vão se encontrar.

Na caixa, ainda rola no cigar – millencolin, fazendo sempre manter a cabeça pro alto, lembrando de como sempre também battery check caiu muito bem no meu áudio. Me lembro, me lembro como hoje... eu não era só um pivete, já estava curtindo outros ternos, e algumas gravatas também.

Stand and relax... enjoy the feeling. Feel the noise that you’re listening to. Hear the fuckkkn’ problem that someone is talking about and after than tell me if am I wrong? In a short time ago I was the forgotten boy, but now I am the fuckkkn’ guy and I am that you want to be. I so sorry but… burn “moda foca” burn. The lesson: you must to think before you die!

Porque quando a gente morre por dentro não adianta estar vivo, quem disse que eu consigo ouvir todos os seus gritos? Num pulo eu atravessei o rio, raTo! como sempre, hehe, eu gosto disso porque tem mais calor humano. Me despeço sem pensar porque I am rebel... soul rebel, e também sei que nesta cultura eu posso acreditar, porque a minha cabeça não é fácil de domar.

2 comentários:

ju mancin disse...

adorei!
:-D

Daniel disse...

Gostei da relação HardCore/Rato nesse texto.

abs