segunda-feira, 25 de outubro de 2010

.hoje.

Ontem eu não queria dormir, aflito, por mais uma data sem você. Estamos apenas no começo de uma odisséia, o começo de uma nova ordem, o início de um futuro apagado, pelo menos para mim.

Lembrei-me do ano passado, e de todos os anteriores também. Você ficava sentado na mesma cadeira de sempre esperando eu acordar. De imediato eu recebia seus cumprimentos, e a ordem das palavras eram exatamente as mesmas: Parabéns e Juízo!

Hoje eu faço 32 anos, e em alguns momentos eu realmente esqueci. Ao acordar, ouvi minha mãe dizendo: Acorda aniversariante do dia. Ela vem tentando me animar com freqüência, mas a vida aqui perdeu o gosto.

Até hoje eu não consegui voltar a praticar aquele esporte que tanto te orgulhava. Seus olhos brilhavam quando eu entrava em casa com uma medalha, mesmo esta sendo de participação. Tenho medo de entrar em casa sabendo que não vou mais ouvir “Hey Rô, vai correr?”, então eu resolvi parar.

É meu Pai, você sempre fez questão de comprar meu bolo, lembro como se fosse hoje, todos os meus aniversários tinham o gosto da “Fischer” e este era um dos poucos bolos em que eu gostava. Você nunca ligou muito para me dar presentes, sempre deixou a cargo da minha mãe, também, sempre que você comprava alguma coisa eu reclamava do tamanho, da cor, do modelo, então um dia você cansou.

Eu juro que não queria me lamentar na data do meu aniversário, Pai, de verdade. Mas a cada dia pra mim é um novo dia, e cada um deles nem sempre é mais fácil que o outro.

2 comentários:

Wagner Kern Velasques Jr. disse...

Primeiramente parabéns.

Que a lembrança seja uma forma de você entender o ciclo da vida. Um dia, pode ter certeza, vcs estarão juntos de novo.

Abs

Diário de uma paulistana disse...

Cada um tem um tempo e uma missão aqui na terra... a "dele" foi cumprida! Haja visto que formou um Homem com H maiúsculo mesmo, porque vc é um dos poucos que admiro caráter, inteligência, personalidade, etc. etc. etc...

Posso não ter me lembrado no dia... mas quero desejar imensa Felicidade pra vc, my brother... pq te quero mto bem!!!
Que dias melhores cheguem para ti... e essa maré de tristeza se transforme em saudade não menos dolorida... mas mais conformada!
Não há nada que se fazer senão lembrar das coisas boas e seguir em frente!

Vc é especial!!!

Um maravilhoso 3.2!

;)